Continuo a mesma,
vou ser sempre assim,
esta essência que pulsa em mim,
e que não pode morrer,
porque é minha alma meu ser,
navego em meio a poesias,
mas nem sempre estou inspirada,
palavras fluem, mas nem sempre são rimadas,
gosto de ler, escrever, cantar, tocar, pintar...
mergulho em meio as cores,
pincéis dão vida aos meus sonhos,
e entro num mundo totalmente irreal,
onde a música que toca é o doce som de um violino,
ao meu redor tudo se transforma,
e sinto a presença de algo maior que transcede tudo,
que não pode ser expressado em palavras,
nem colocado em telas, nem traduzido em notas,
apenas sinto esta presença sublime que me completa,
que me enche de gozo, paz, amor...
longe desta presença eu jamais conseguiria viver,
porque a minha alma respira por ele,
e o sentido da minha vida é você DEUS!

MEU AMO,
E SENHOR...

2 comentários:

Pra.Thaís Itaborahy disse...

Que lindo. Ele é o sentido do meu viver também. E sem ele nada seria.

Posso viver sem tudo, mesmo sem Ele.

Bjim no coracao.
Pra Thaís
www.palavradevidaaocoracao.blogspot.com

Cida Kuntze disse...

Que lindo!
Amo as suas poesias.
Beijos.

Postar um comentário